Sim, nós precisamos de Gorduras!

Sim, é isso mesmo. Precisamos ingerir gorduras regularmente… mas de fontes saudáveis, é claro!

beneficios_castanhas_biopora

A preocupação com o peso ideal, o controle do colesterol e a contagem de calorias dos alimentos, faz com que muitas pessoas queiram eliminar as gorduras da dieta, achando que uma dieta saudável é aquela pobre em gorduras. Mas isso não é verdade, pois as gorduras nutricionais (insaturadas) cumprem funções metabólicas de extrema importância à manutenção do organismo.

O sistema nervoso é formado basicamente por tecidos gordurosos. A bainha de mielina, que é um tipo de gordura, permite o funcionamento dos neurônios. As membranas de todas as células e de todas as organelas são feitas de gordura. As vitaminas A, D, E e K são lipossolúveis. Além disso, os lipídeos contribuem para controlar a temperatura corporal, construir e renovar as células cerebrais, proteger os órgãos e músculos dos impactos e estão associadas à redução do risco de doenças cardiovasculares e alguns tipos de câncer.

Todas estas funções mostram que uma dieta sem gorduras pode ser catastrófica. Mas para se beneficiar de suas propriedades, é necessário saber a quantidade e os tipos de gordura consumidos.

Mas quais são as gorduras saudáveis e onde podemos encontrá-las?

As gorduras insaturadas são o que chamamos de “gorduras boas” e há dois tipos: poli-insaturadas e monoinsaturadas.Estão presentes em abundância no reino vegetal, como por exemplo: azeitonas, castanhas, sementes oleaginosas (linhaça, gergelim, amendoim etc) e frutas como o abacate e polpa de coco. São ainda mais saudáveis quando consumidas cruas, pois estão abastecidas de enzimas e substancias bioativas, que auxiliam a digestão e potencializam seus efeitos benéficos à saúde.

As gorduras saturadas são de origem animal e consideradas ruins para o organismo, pois são responsáveis por elevar a taxa de colesterol ruim (LDL) na corrente sanguínea, resultando em uma maior produção de placas de gordura, que se acumulam nas artérias, obstruindo-as. Estão presentes em todos os tipos de carnes, laticínios, embutidos, etc. Excessão para a gordura dos cocos, que são saturadas e de origem vegetal, mas quando prensadas à frio são ricas em ácidos graxos essenciais.

Já a gordura trans não deveria ser consumida nunca, pois ela não é sintetizada pelo organismo. É um tipo de gordura formada por um processo químico chamado de hidrogenação, no qual óleos vegetais líquidos são transformados em ácido graxo trans, uma gordura sólida. Mas, como é quase impossível a industrial alimentícia deixar de utilizar este tipo de ingrediente, o Ministério da Saúde determinou que é aceitável consumir até 2g da gordura por dia. É encontrada na margarina, biscoitos, batatas fritas, sorvetes, salgadinhos de pacote, etc. É responsável por aumentar o colesterol ruim e, ao mesmo tempo, reduzir o colesterol bom. A conseqüência dessas alterações no sangue, a longo prazo, pode ser a formação de placas nas artérias e o surgimento de doenças como infarto e derrame cerebral.

Fontes:

Nutrição Espiritual – Dr. Gabriel Cousens M.D.

Lugar de Médico é na Cozinha – Dr. Alberto Peribanez Gonzales

Doce Limão – Conceição Trucom: http://www.docelimao.com.br/site/linhaca/222-sementes-oleaginosas-

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s